02/03/2007

FTC inicia novas obras para a segurança e qualidade do transporte

A Ferrovia Tereza Cristina tem para este ano uma previsão de transporte de 2,6 milhões de toneladas de cargas. Para atender esta demanda, dando continuidade à segurança e qualidade nos processos, a empresa planeja investimentos de R$ 7 milhões. Entre os projetos já iniciados estão os trabalhos de conservação da linha férrea, voltados para garantir a segurança operacional e o bom fluxo de tráfego dos trens.

Desde janeiro, 3.500 metros de via passaram pelos trabalhos de manutenção, com a substituição de dormentes, nivelamento, alinhamento e complementação do lastro. “Estes trabalhos proporcionam a estabilidade da linha e previnem acidentes, como os descarrilamentos, que hoje são muito raros”, explica o gerente de manutenção de via permanente, Jairo Pessoa Guimarães. Ao todo, durante o ano de 2007, as obras serão realizadas em 26 mil metros da linha.

Proporcionando mais segurança às operações, a Ferrovia fará também a recuperação geral de duas locomotivas de sua frota e de 22 vagões. Além disso, executa trabalhos de manutenção preventiva periódica de todos os equipamentos, que podem ser desde semanais, trimestrais até anuais.

Para segurança tanto dos colaboradores quanto da comunidade, serão realizados ainda investimentos na melhoria das sinalizações e das passagens em nível (cruzamentos entre a ferrovia e rodovias). A empresa também dará continuidade ao Programa Paz na Linha, de conscientização de adultos e crianças sobre a prevenção de acidentes na linha férrea. Segundo o técnico de segurança da Ferrovia Marcelo Batista Cruz, com as ações empreendidas, incluindo as da área operacional, desde o início da administração privada, em 1997, a FTC já conquistou a redução de 95% no indicador de acidentes ferroviários.

Qualificações – Demonstrando respeito pela natureza, neste ano, a FTC intensificará os trabalhos voltados para a preservação do meio ambiente, adequando-se à norma ISO 14001, de gestão ambiental. O objetivo da empresa é conquistar o certificado até o próximo ano. Da mesma forma, busca a certificação na OHSAS 18001, de Saúde Ocupacional e Segurança. Os trabalhos em busca de qualificação consolidaram-se já no ano passado, quando a empresa conquistou a ISO 9001:2000, de gestão da qualidade. Para o diretor-presidente da Ferrovia, Benony Schmitz Filho, “a implantação destas normas na empresa melhora a organização interna e a certificação é uma comprovação pública de que a FTC cumpre padrões internacionais de qualidade, segurança e respeito ao meio ambiente em seus processos”.

Social – Além dos serviços prestados com excelência, a Ferrovia desenvolve ações voltadas para o bem-estar dos colaboradores e da comunidade. Dentro de seu Programa de Responsabilidade Social, em 2007, a empresa dará continuidade aos projetos de “Ressocialização de Detentos”, que oferece a reintegração social do preso através do trabalho; o “Ser Eficiente”, que proporciona oportunidade de trabalho e aprendizado aos portadores de necessidades especiais; o Voluntariado, que incentiva o colaborador a participar das ações sociais dentro da comunidade e o “Trem de Natal”, que todos os anos leva alegria e o espírito natalino para milhares de pessoas que moram às margens da linha férrea. “Temos a consciência de que toda empresa deve contribuir para o desenvolvimento social da região onde está inserida e estaremos sempre procurando melhorar nossas ações neste sentido”, ressalta a gerente de gestão de pessoas, Eliane Maria Fernandes de Souza.

Fonte: Comunicação / FTC

LEIA TAMBÉM

20/11/2010

Evento homenageia profissionais da Area

. . .

11/06/2014

Meio Ambiente: Sustentabilidade sobre os trilhos

. . .

11/10/2007

FTC vence prêmio Nacional CEN Aids no Mundo do Trabalho

. . .