25/05/2023

Encontro discute ações para melhorar a produtividade logística no Sul de Santa Catarina

Empresários do sul do Estado estiveram reunidos na Secretaria de Estado de Portos, Aeroportos e Ferrovias para discutir temas ligados à logística de transporte envolvendo a cadeia produtiva do arroz e melhorias para o aumento da produtividade no Porto de Imbituba. O encontro mediado pelo secretário Beto Martins definiu pela criação de um Grupo de Trabalho para discutir o projeto de expansão da linha férrea e uma reunião mais ampla para debater os custos de frete.

“Nós reunimos importantes atores da logística do sul de Santa Catarina para conversar e encontrar soluções para algumas reivindicações. Saímos com alguns encaminhamentos para definir as melhores ações em busca de mais eficiência no setor”, afirma o secretário Beto Martins.

Uma das reivindicações apresentadas é a discussão sobre os valores de fretes, que deverão ser discutidas com a empresa armadora, a Aliança, a empresa que opera o terminal de contêineres do Porto de Imbituba, Santos Brasil, e a Autoridade Portuária. O grupo também revelou dificuldade na disponibilidade de contêineres vazios.

“Hoje temos demanda, temos carga, mas faltam containers para o transporte. Já registramos problemas com o abastecimento de alguns estados”, revelou o presidente do SindArroz, Walmir Rampinelli.

Representantes do Terminal Intermodal Sul (TIS) e da Ferrovia Tereza Cristina (FTC) também apresentaram a necessidade da expansão da linha férrea dentro do Porto de Imbituba para aumentar a produtividade logística.

“Temos uma proposta de projeto, que será custeada pelas empresas, e estamos abertos para discutir a melhor forma de realizá-lo. Nossa ideia é poder levar o trem até o terminal, melhorando a eficiência e aumentando o ganho de produtividade com a menor interferência possível na área portuária, o que significará uma redução de custos e poderá refletir nos preços de fretes”, explica o diretor-presidente da FTC, Benony Schmitz Filho.

“Ficamos entusiasmados pela posição do secretário, que de uma forma muito objetiva colocou todos juntos para discutir os temas. Pelo que percebemos, todos estão pensando da mesma forma, buscando soluções para o desenvolvimento da região sul de Santa Catarina. Saímos satisfeitos e acreditamos no que o governo Jorginho Mello está realizando, ouvindo e atendendo”, avalia o presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), Valcir José Zanette.

Participaram também da reunião o secretário adjunto da SPAF, Robison Coelho, os representantes da Santos Brasil, o CFO Daniel Dória, e o diretor jurídico Gabriel Moura, o presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Luís Antônio Braga Martins, o presidente da Copagro, Dionísio Bressan Lemos, o vice-presidente da ACIC, Frank Hobold e o diretor do TIS, Edilson Zanatta, entre outros representantes.

Fonte: Agência Catarinense de Notícias 

LEIA TAMBÉM

23/02/2011

Ferrovias terão R$ 3 bilhões em investimentos no transporte de carga este ano

. . .

29/09/2009

FTC participa de exposição na Semana do Trânsito

. . .

28/10/2010

FTC e Prefeitura de Tubarão limpam lixão

. . .