04/06/2021

Ferrovia comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente

Neste sábado (05), Dia Mundial do Meio Ambiente, a Ferrovia Tereza Cristina celebra a data intensificando suas ações voltadas à preservação ambiental e ao estímulo para um comportamento sustentável. A data foi criada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em 1972, com o objetivo de relembrar as pessoas da necessidade de preservação do meio ambiente e do uso responsável dos recursos naturais.

As ferrovias têm um papel importante na questão ambiental, a começar pela eficiência do transporte por meio deste modal. Para se ter uma ideia, segundo informações da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária, numa distância de 1km, um caminhão consome 13 vezes mais energia que um trem para transportar uma tonelada; um comboio de 200 vagões transporta tanto quanto 400 carretas rodoviárias; esta modalidade reduz os níveis de poluição do ar; locomotivas movidas a diesel possuem reservatório com capacidade para 15.000 litros e a maior parte dos trens pode percorrer mais de 1600 km sem precisar reabastecer.

“Nós acreditamos que a ferrovia não deve substituir o modal rodoviário, mas que o setor de transporte se desenvolva tanto a ponto de que as cargas sejam mais aproveitadas conforme as necessidades e benefícios dos modais existentes, seja rodoviário, aeroviário, aquaviário ou ferroviário, beneficiando as pessoas com a redução do tráfego nas rodovias, mas principalmente o meio ambiente”, explica o diretor-presidente da FTC, Benony Schmitz Filho.

Além dos benefícios que o setor ferroviário promove em sua atuação, a empresa Ferrovia Tereza Cristina desenvolve uma série de ações de responsabilidade ambiental, como campanhas educativas junto às comunidades lindeiras, intensifica ações internas de conscientização e promove discussões relacionadas ao tema em projetos sociais próprios. Ainda, na rotina da operação, todo resíduo gerado passa por algum método de tratamento, conforme as características e volumes gerados. A funcionalidade desses sistemas é garantida por meio de inspeções programadas. A destinação correta segue um Plano de Gerenciamento de Resíduos, que norteia sobre o descarte adequado e acompanhamento de cada item, além da separação para a coleta seletiva.

Como forma de garantir a eficiência dos equipamentos a diesel e ter um maior controle da emissão de gases, a empresa realiza avaliação colorimétrica de densidade, com o objetivo de medir se os mesmos estão emitindo fumaça dentro dos padrões permitidos. E nas comunidades, realiza mutirões de limpeza, mantendo os arredores da linha férrea sem lixo. Nos últimos quatro anos, a FTC recolheu mais de 1,4 mil toneladas de lixo e encaminhou ao aterro sanitário. “Com o tempo, as pessoas têm compreendido os riscos do descarte inadequado de resíduos, e acreditamos que isso vem ocorrendo diante das ações de conscientização realizadas nas comunidades”, completa o diretor.

No Diálogo Setorial desta semana, na Ferrovia, os colaboradores ouviram orientações relacionadas ao uso de recursos naturais, dicas que podem ser inseridas na rotina de cada um, e foram presenteados com mudas de árvores nativas frutíferas.

Crédito Foto: Fabrício/MSFotos

LEIA TAMBÉM

16/03/2007

Informações sobre segurança nos trilhos são levadas para Jaguaruna

. . .

30/08/2004

Ferrovia completa 120 anos de história em SC

. . .

18/10/2012

Ferrovias: qual é o rumo para o setor no Brasil?

. . .