07/03/2006

Transportes de carga cresce 13% e projeta aumento

As concessionárias ferroviárias de carga transportaram no ano passado 391 milhões de TU (Toneladas Úteis), 13% a mais do que em 2004 (346 milhões de TU). O diretor-executivo da ANTF (Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários) , Rodrigo Vilaça, estima que o setor crescerá entre 9% e 11% em 2006. De acordo com ele, o transporte de carga pelas ferrovias apresentou evolução de 60% entre 1997 e 2005.

Vilaça declarou que as empresas consideraram positiva a atitude do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) de abrir este ano uma linha de crédito para que as ferrovias possam realizar investimentos com o objetivo de combater problemas como invasões dos trilhos em áreas urbanas. Há em todo o Brasil cerca de 11 mil passagens de nível (cruzamento com áreas rodoviárias) onde os trens são obrigados a reduzir velocidade ou parar. De acordo com Vilaça, as empresas acreditam que este investimento deveria ser feito pelo poder público.

“Como o Estado não pode fazer, as empresas têm interesse no financiamento, mas vão pedir que o crédito seja descontado das parcelas de arrendamento das concessões’’ , disse. O arrendamento é uma espécie de aluguel pago pelas empresas ao governo pelo uso das infra-estrutura ferroviária. Segundo Vilaça, as parcelas de arrendamento das concessionárias somam R$ 370 milhões por ano.

(Agência Estado)

Fonte: Todo Dia / Agência Estado

LEIA TAMBÉM

06/08/2020

Projeto prevê construção de viaduto ferroviário na Rodovia Índio-Tibiriçá

. . .

18/12/2015

Ferrovia Tereza Cristina transporta 600 contêineres por mês até Imbituba

. . .

26/05/2009

Voluntários realizam blitz educativa em Urussanga

. . .